Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Institucional
Início do conteúdo da página

Institucional

Publicado: Terça, 24 de Agosto de 2021, 18h18 | Última atualização em Terça, 24 de Agosto de 2021, 18h23 | Acessos: 2487

NDAE

O Núcleo de Desenvolvimento Amazônico em Engenharia – NDAE iniciou suas atividades acadêmicas no ano de 2014, como subunidade do Campus Universitário de Tucuruí - CAMTUC. A intenção era envolver os docentes dos cursos de graduação em ações que visassem o aprimoramento acadêmico e, principalmente, oferecer aos egressos do Campus, assim como demais profissionais, a possibilidade de aprofundamento de estudos nas áreas de Engenharia Civil, Ambiental e Computacional. Deste modo, o Núcleo ofertou os cursos de Especializações em: Gestão Ambiental; Engenharia de Estruturas e Materiais e Projeto e Desenvolvimento de Sistemas Computacionais.

Em maio de 2015, foi dado o primeiro passo para a criação de um polo de Ciência, Tecnologia e Inovação no município de Tucuruí por meio da realização da “Oficina de Trabalho: Nucleamento do Parque Tecnológico de Tucuruí”, realizada em Belém, pela Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas do Pará (FAPESPA), com apoio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (SECTET) e do Campus Universitário de Tucuruí (CAMTUC). Como desdobramento deste primeiro momento de reflexão e compartilhamento de saberes, em novembro do mesmo ano, a UFPA promoveu a “II Oficina de Trabalho: Nucleamento do Parque Tecnológico de Tucuruí’. O evento contou com o apoio da FAPESPA e ocorreu no município de Tucuruí.

Paralelamente, iniciou-se, no âmbito da UFPA, a tramitação para criação da Unidade Acadêmico-administrativa denominada Núcleo de Desenvolvimento Amazônico em Engenharia - NDAE, tendo em sua estrutura o Parque Tecnológico do Lago de Tucuruí (TECNOLAGO).

Dessa forma, o Conselho Universitário (CONSUN) da UFPA criou, em janeiro de 2016, através da Resolução CONSUN nº 740/2016, o NDAE como uma unidade acadêmico administrativa direcionada a programas regulares de pós-graduação e com atuação direta em atividades de promoção de desenvolvimento regional. 

No ano de 2016, o NDAE iniciou as atividades de três cursos Stricto Sensu, com aprovação da CAPES: o Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Barragem e Gestão Ambiental (PEBGA), o Programa de Pós-Graduação em Computação Aplicada (PPCA) e o Programa de Pós-Graduação em Infraestrutura e Desenvolvimento Energético (PPGINDE), sendo os dois primeiros profissionais e o último acadêmico.

Missão

“Promover a formação em nível de pós-graduação na área tecnológica e o desenvolvimento regional através de ações empreendedoras sustentáveis.”

Visão

“Ser reconhecido nacional e internacionalmente pela excelência em pesquisa e pós-graduação e tornar-se centro de referência em inovação tecnológica para a transformação sustentável da Região Amazônica.”

Princípios

Respeito à diversidade étnica, cultural, de gênero e de orientação sexual;

♦ Respeito à inclusão;

♦  Pluralismo de ideias e de pensamento;

♦  Excelência acadêmica;

♦ Respeito aos direitos humanos;

♦ Preservação do meio ambiente;

♦ Desenvolvimento regional;

♦ Compromisso com o uso do conhecimento para garantir a integridade e o bem social;

♦ Ética, transparência e honestidade;

♦ Envolvimento e comprometimento com a instituição;

♦ Sustentabilidade;

♦ Inovação e empreendedorismo.

Fim do conteúdo da página